domingo, 30 de setembro de 2012

ARTE & DELEITE



Adoro ter orgasmos.
Hoje são de mente.
A Arte, por si só, dá-me prazer intenso.
O potencial da inteligência humana,
expresso na capacidade creativa.
Este é o objectivo da existência humana.
Expressividade.
Creatividade.
Beleza intelectual.
Andar neste mundo,
só para ver passar os dias,
é o que acontece aos irracionais.
Tenho orgasmos mentais,
que se assemelham a sexo.
Tenho um deleite incontrolável,
quando a Arte me sorri.
Mesmo à minha frente.
"Chariot of the Sun"... vi agora mesmo.
Catorze seculos antes do Sr. Cristo.
A complexidade de uma obra incrivel.
O meu deleite, entre tantos outros.
Hoje os orgasmos foram consecutivos.
Tanto bronze de uma vez,
tanta a expressao milenária.
Faltam-me palavras pela obra.
O meu deslumbre atrofia-me a fala.
Quero ter (e tenho!) fome de Arte. Consumi-la.
A felicidade sente-se no deleite.
A felicidade sente-se na Arte.
A minha mente treme de luxúria.
Adoro orgasmos.


30 SETEMBRO 2012

2 comentários: