domingo, 10 de junho de 2012

SOU COMO UM LIVRO



Uma nova pagina...
Um novo capitulo...
Sempre que acordo.

Sou como um livro!
Pagina por pagina...
Pelos momentos que escrevo,
nas memorias que ficam.

Leio... releio, e escrevo.
Euforias e boas sensacoes;
desencantos e desilusoes.

Pagina por pagina...
como capitulos alternados.
Enfases de emocoes,
que nao param...
as paginas tantas.

Sou como um livro!
Romance e aventura,
pensamento e postura.
A cada hora que passa,
mais uma frase... se apaga.

Crescem as folhas,
como cabelos brancos.

E guardo...
guardo toda a minha escrita.
Guardo as palavras... como livros,
que escritos e ditos, arrumo
nas estantes da minha memoria.

Sou como um livro...

10 junho 2012

4 comentários:

  1. Bom dia Carlos.
    Um poema essencialmente belo e verdadeiro.
    Desejo que os ventos soprem o aroma das flores pra levar até você meu carinho com o perfume da minha amizade.
    Beijinhos recheados de doçura
    Gracita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Gracita
      Muito obrigado por estas belas palavras...
      um beijinho

      Eliminar
  2. Lindo poema...somos livros com páginas em branco a cada passo que damos, nos escrevendo letra a letra...
    Parabéns pelo talento de colocar em palavras esta grande verdade da vida, de maneira tão graciosa...
    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Elzinha
    E bom que chegue a mensagem ...
    um beijo

    ResponderEliminar