segunda-feira, 20 de outubro de 2014

(IN) DEPENDÊNCIA




É fantástica a loucura!
Tomara eu ficar fiel,
a esta dependência.
Eterna,
serena e persistente.
Não sei do que falo,
mas sei que é bom!
Ó se é bom, sim.
A loucura.
Independentemente de tudo,
até de nada, ou apenas.
A diferença, está...
Sei lá eu, onde está!?
Só sei ser um pouco louco.
E não desisto.
Esta dependência salutar,
a minha reverência.
Ou irreverência?
Ou independência?
Eu sei lá...
Só sei que sim!
É esta abominável
dependência que
me torna (in)dependente!


20OUTUBRO2014

2 comentários: